USAR LETRAS MAIÚSCULAS
IMPORTANTE
Os Resultados de HIV, Beta HCG e Teste de Paternidade, não estão disponíveis via Internet.
Clientes e Médicos
Usuário:
Senha:
PIONEIRISMO
 

Laboratório São Paulo traz para Araçatuba e região tecnologia de ponta em exames de Bioquímica

No mÍs dezembro de 2006, após um ano de negociações com a empresa multinacional Johnson & Johnson, o Laboratório São Paulo implantou com sucesso em sua rotina de realização de exames, o equipamento de bioquímica Vitros 250. A grande novidade deste equipamento é a utilização da metodologia de química seca, umas das mais modernas metodologias disponíveis atualmente no mundo, pois é a única que dispensa a utilização de água nos procedimentos e, é considerada a metodologia que apresenta maior grau de eficiência e precisão.

Química Seca

A metodologia de química seca recebe este nome por dispensar a utilização de água em qualquer uma de suas etapas. Ao contrário da química líquida, que utiliza as tradicionais cubetas e reagentes líquidos, a química seca utiliza um pequeno "slide" que contém seis camadas com reagentes sólidos, filtros, diferentes membranas, entre outras composições que permitem a análise de mais de 60 parâmetros de bioquímica, para os principais tipos de exames, como colesterol, triglicérides, enzimas hepáticas, drogas terapêuticas, entre outros. Estas camadas filtram os interferentes de alto peso molecular (proteínas, lipídios e hemoglobinas) e, possibilitam que o exame seja feito a partir de uma amostra com o mínimo de interferentes. A Figura 1 ilustra os slides e a Figura 2 ilustra as camadas de reagentes sólidos pelas quais o soro irá passar na realização da reação.

Figuras 1 e 2 – Slides e Camadas de sólidas do slide.

 
Precisão nos resultados

Com o Sistema Vitros, o coeficiente de variação de erro gira em torno de 1% a 2%, enquanto que na química líquida (método convencional), este percentual sobe para índices superiores a 5%. Além disso, o índice de repetição do exame para confirmação diagnóstica cai de 30% no sistema convencional, para apenas 10% a 5% na química seca.

 
Produtividade

O Vitros 250 realiza 250 análises/hora (Figura 3) e garante um tempo de análise com média de 2 a 7 minutos por exame, enquanto que nos sistemas convencionais esta média passa de 10 minutos.

Figura 3 – Equipamento Vitros 250.

Para rotinas de emergências no sistema Vitros, existe o equipamento DT60 II, capaz de realizar 65 testes por hora. Visando manter a mesma metodologia para a realização dos exames de bioquímica, o Laboratório São Paulo visa a implantação deste equipamento no Hospital da UNIMED, de Araçatuba. Assim, todos os pacientes internados terão os benefícios dos exames realizados com a metodologia de química seca.

Figura 4 – Equipamento DT60 II para rotinas de emergências.

 
Vantagens para o paciente

Umas das vantagens que beneficiam diretamente o paciente, é a utilização de menor quantidade de amostra (material coletado, apenas 10 microlitros), alto índice de precisão com a menor margem de erro e rapidez na conclusão do diagnóstico.

 
Biossegurança

Cada slide é de uso único e, como dispensa o uso de água na manipulação dos reagentes, pois estes já estão dispostos em multicamadas, facilita e agiliza todo o processo e sobretudo, reduz riscos de contaminação. Além disto, os soros dos pacientes são introduzidos automaticamente nos slides por meio de ponteiras descartáveis, diminuindo também drasticamente a possibilidade de contaminação.

 
Presevação de Recursos Naturais

Nos processos convencionais de química líquida a água pura (água Tipo I) é um dos principais reagentes químicos para a realização dos exames. Com a adoção da química seca o Laboratório São Paulo deixou de consumir centenas de litros de água potável por mês e, consequentemente, deixou de gerar resíduos líquidos provenientes destes processos.

 
Validação

A tecnologia é validada pelo FDA - Food and Drugs Administration e já vem sendo utilizada em muitos países, como Estados Unidos, França Alemanha, Espanha, Itália, Inglaterra, Portugal, entre outros, incluindo o Brasil.

 
Pionerismo

O Laboratório São Paulo se torna o único laboratório de Araçatuba e região a oferecer esta tecnologia, o que demonstra mais uma vez seu compromisso com prestação de serviços de qualidade aliados às mais altas tecnologias existentes no mercado.

 
Exames Realizados com a Química Seca

• Ácido Úrico
• Albumina
• Alanina Aminotransferase
• Amilase
• Aspartato Aminotransferase
• Bilirrubina Conjugada / Não-Conjugada
• Bilirrubina Direta
• Bilirrubina Neonatal
• Bilirrubina Total
• Cálcio
• Capacidade Total de Ligação do Ferro
• CKMB
• Colesterol
• Colinesterase

• Creatinina
• Creatinoquinase
• Ferro
• Fosfatase ácida
• Fosfatase alcalina
• Fósforo
• Gama Glutamiltransferase
• Glicose
• Lactato
• Lactato Desidrogenase
• Lipase
• Magnésio
• Proteínas Totais
• Triglicérides
• Uréia Nitrogenada

 
Referências Bibliográficas:

http://www.jnjgateway.com
http://www.orthoclinical.com

Todas as informações contidas neste material foram obtidas junto ao fabricante.



 

© 2006 - Laboratório São Paulo - Todos os direitos reservados