Laboratório São Paulo

Você está em: Página Inicial | Notícia


7 de agosto de 2017

Como evitar e combater o colesterol alto



O Colesterol é uma substância similar às gorduras que circulam pelo sangue, produzido principalmente pelo fígado a partir das gorduras ingeridas. Quanto maior a concentração de colesterol no sangue, maior a sua deposição nas paredes das artérias, ocasionando progressivamente a obstrução do fluxo sanguíneo.

     Existem dois tipos de colesterol, o conhecido como bom (HDL) e o conhecido como ruim (LDL), precisamos dos dois em nosso organismo, mas é preciso haver equilíbrio. O LDL ajuda no funcionamento das gorduras no organismo, auxiliando na produção de alguns hormônios e vitamina D, mas em excesso pode fazer a gordura se alojar nas paredes das artérias, acarretando no “colesterol alto” e provocando graves problemas de saúde.
colesterol2

Fatores genéticos e diabetes também podem contribuir para o aumento do colesterol, daí a importância de exames periódicos sob supervisão médica.

Quais os sintomas do colesterol alto?
A hipercolesterolemia é uma doença silenciosa, não existem sintomas específicos. Por isso, é importante fazer exames periódicos para medir os níveis de colesterol. Além disso, é necessário uma mudança do estilo de vida, incluindo: dieta equilibrada, exercício físico aeróbico (caminhar, correr, ou andar de bicicleta), abstenção do fumo (o fumo leva a queda do HDL – colesterol) e perda de peso nos casos indicados.
tabla50258e

Como prevenir e diminuir o colesterol?
As alterações nos níveis do colesterol estão relacionadas à nossa alimentação. Algumas medidas simples podem ajudar a controlar o colesterol. Diminuir o uso de óleo, evitar o consumo de alimentos gordurosos, frituras e alimentos ricos em colesterol, principalmente os de origem animal, como por exemplo: leites e derivados integrais, ovo, bacon, frios e embutidos (mortadela, presunto, salame, salsicha, linguiça, etc.), miúdos (fígado, coração, moela) e camarão.
O consumo de fibras, presentes nos cereais integrais vegetais e frutas ajudam a diminuir o nível do colesterol ruim (LDL).

Para ficar mais fácil de entender, veja abaixo o que evitar e o que esta liberado na alimentação para o controle do colesterol.

O que evitar – Alimentos que aumentam o colesterol

  • Alimentos industrializados;
  • Fast food;
  • Carnes gordas e com gordura aparente, pele de aves;
  • Frios e embutidos (mortadela, presunto, salame, salsicha, linguiça, etc.);
  • Leite integral e derivados (iogurte integral, manteiga, creme de leite, queijos cremosos e amarelos);
  • Sorvetes de massa, chocolates, doces com coco, chocolate ou chantilly, milk-shake, cremes para sobremesa;
  • Biscoitos ou pães amanteigados, folhados, croissant, pão de queijo, pão de torresmo e pães doces com recheio;
  • Frituras e alimentos muito gordurosos;

 

Estão liberados – Alimentos que controlam o colesterol

  • Carnes magras, aves sem pele, frutos do mar e peixe (prefira os de água salgada e fria – salmão, sardinha, atum, cavala e arenque, pois são ricos em ácidos graxos ômega-3);
  • Cereais como: arroz integral, farinha de trigo integral, milho, soja, aveia e pães integrais;
  • Todos os tipos de legumes e verduras;
  • Todas as frutas, com exceção do coco (água de coco a vontade);
  • Óleo de oliva extra virgem (azeite) e canola;
  • Leite e seus derivados desnatados;

 

Dicas:

  • O uso de gorduras insaturadas encontrada nos óleos de oliva, óleo de canola, azeitonas, abacate, castanha, nozes e amêndoas são indicados, pois reduzem o colesterol total sem diminuir o HDL- colesterol. Nos casos de sobrepeso ou obesidade a ingestão deverá ser controlada, pois estes alimentos são altamente calóricos. Diminuindo a ingestão de gordura saturada existente nas carnes gordurosas, leites e derivados integrais, polpa de coco, por exemplo, teremos redução do colesterol total e LDL- colesterol.
  • Cuidado com o sal! Seu elevado consumo poderá ser prejudicial ao coração, devido ao aumento da pressão arterial.
  • Açúcar em grande quantidade provoca obesidade, aumentando assim o risco de doenças do coração.
  • Os exercícios físicos, desde que feitos sob a orientação especializada trazem benefícios à saúde, além de ser um ótimo lazer.
  • O uso frequente de fibras na alimentação diminui o nível do colesterol no sangue, além de proporcionar um bom funcionamento do intestino.
  • O uso de probióticos encontrados no iogurte é benéfico na redução do colesterol. Porém consuma iogurtes desnatados ou light (com redução de gorduras e açúcares).
  • Os fitoesteróis, se usados na quantidade correta, reduzem a absorção do colesterol proveniente da dieta. As principais fontes de fitoesteróis são os óleos vegetais de girassol, soja e canola, frutas e vegetais. Hoje já existem alguns alimentos enriquecidos com fitoesteróis, como margarinas e fórmulas lácteas, estes produtos podem ser consumidos nas doses recomendadas pelo fabricante.
  • Não deixe de buscar orientação médica e de outros profissionais especializados (nutricionistas, educadores físicos, etc…) e de fazer exames para verificar as taxas de colesterol. Combinando alimentação + atividade física, você conseguirá manter o equilíbrio do seu corpo para uma vida saudável.

Referências:
Centro de Combate ao Câncer: Como evitar e combater o colesterol alto/ JUL 2014, http://www.cccancer.net. Disponível em http://www.cccancer.net/site/index.php/como-evitar-e-combater-o-colesterol-alto/ Acesso em 22 de JUL. de 2015.